Você já ouviu falar em PRAL? Saiba tudo sobre essa descoberta!

PRAL é uma sigla em inglês que significa potencial de carga ácida renal, ou potencial renal acid load. Em 1951 o conceito PRAL foi utilizado pela primeira vez pelos pesquisadores Remer e Manz, quando calcularam as diferentes taxas de absorção intestinal dos nutrientes. Desenvolveram, assim, um cálculo matemático que chamaram de PRAL e que, desde então, é muito utilizado no meio científico para determinar se a dieta – incluindo a água – está acidificando ou alcalinizando a urina.

Qual a importância do PRAL?

O consumo de alimentos e bebidas alcalinizantes avaliados pelo valor de PRAL tem impacto potencial sobre o equilíbrio ácido-base do organismo. Alimentos processados, industrializados, alimentos com muito sal, excesso de proteínas sulfurosas e água com maior acidez, tem feito com que a alimentação seja cada vez mais ácida e, com isso, o rim nem sempre dá conta de filtrar tudo, causando inúmeras doenças.

O PRAL positivo está associado a doenças, já o negativo, ajuda a prevenir essas doenças.

Quais são as doenças evitadas com o PRAL negativo?

O PRAL negativo ajuda a prevenir inúmeras doenças ou até controlá-las, como:

  • Diabetes tipo 2;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Cálculo renal;
  • Esteatose Hepática.

Quando a água tem o PRAL bom para o consumo?

Muitas pessoas pensam que o valor do PRAL tem a ver com com o pH (potencial hidrogeniônico), mas, na verdade, não tem. Quem se apresenta como o principal fator negativo do PRAL é o magnésio. A quantidade de bicarbonato também está bastante correlacionado. Assim, é errado pensar que  alimentos e bebidas com pH ácido apresentam ação acidificante no organismo.

Para manter o nosso organismo saudável, é muito importante que os líquidos e alimentos que ingerimos sejam alcalinos e ricos em minerais. O nosso corpo, quando gera energia, consome elétrons, gerando um resíduo ácido (excesso de prótons H+), que o nosso organismo precisa liberar. Se além disso, o consumo for maior, os rins não dão conta de fazer a filtragem e minerais como o magnésio são retirados de lugares importantes, como os ossos.

Água com poder alcalinizante

A água da torneira não é a água perfeita para beber, mas existem maneiras de torná-la pura para o consumo, melhorando o bem-estar e a qualidade de vida. Para isso, filtros especiais como os da Habitah, transformam a água comum na água ideal, com PRAL negativo, antioxidante, rica em magnésio e com alto poder de hidratação, além de eliminar o cloro e outras impurezas.

Para conhecer os filtros da Habitah/Acqualive, acesse o nosso site. Continue de olho no nosso blog para entender mais sobre o assunto e ficar por dentro de mais dicas sobre saúde. Qualquer dúvida, fale com um dos nossos consultores, eles terão prazer em atendê-lo.

Até a próxima,

Equipe Habitah.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Gostou do nosso artigo? Deixe seu comentário abaixo